19 de dez de 2009

Uma luz em Titan

Já se acreditava que Titan, a maior lua de Saturno, poderia conter líquidos em sua superfície. No entanto o hemisfério aonde ficariam os prováveis lagos estava num inverno escuro, de modo que a sonda espacial Cassini (em órbita de Saturno há 5 anos) não podia confirmar a existência destes líquidos.

Com a mudança de estações, a luz do sol voltou a alcançar aquele hemisfério e ontem (18/12/2009) o site da NASA divulgou esta foto:



A imagem mostra uma fina atmosfera e raios solares refletidos na superfície líquida de um lago.

A busca por água fora da terra é considerada tão importante porque em todos os lugares na terra aonde há água foi encontrada alguma forma de vida. É claro que todo este líquido de Titan é apenas metano, mas ainda assim esta lua de Saturno é até agora o corpo celeste mais parecido com a terra já encontrado.




Mapa dos lagos de metano obtidos pelo radar da sonda Cassini


Portanto para aquele cenário apocalítptico aonde teríamos de empacodar as coisas e sair de mudança porcausa da destruição da terra, até agora na órbita de Saturno está nossa melhor opção.

3 comentários:

Bruno disse...

Na verdade, bases subterrâneas em Marte são nossa melhor opção no momento. É bem mais próximo e possui água congelada em seus pólos. O programa que citei em outro post, O Universo do History Channel, fez um programa sobre os fenômenos cósmicos capazes de aniquilar a vida no nosso planeta. Começava com do menos grave (asteróides) ao mais grave (nosso futuro encontro com a galáxia de Andrômeda que, por ter o dobro do tamanho da nossa, irá simplesmente nos deglutir). Vc o acha completo no Youtube com um tanto de esforço e (muita) paciência. E, se achar, por favor poste aqui. =)
Já tentei procurar, mas só achei os com baixíssima qualidade. Aquele canal que falei que perdi tinha uma qualidade boa (não excelente, mas boa) tanto no áudio quanto no vídeo.

Bruno disse...

Achei, finalmente:
http://www.youtube.com/user/direstraits25#g/u

Enjoy! =D

errosprimarios.blogspot disse...

Mais uma vez, obrigadão pelo toque

Abraço

Postar um comentário