6 de out de 2010

O Sucesso Internacional de Tiririca

Assim que Tiririca apareceu como hit no Youtube, logo os repetitivos e revoltados comentários de “é por isso que o Brasil não vai pra frente” se espalharam pela web.

Os atores destas frases, que naturalmente acham que o tal “voto de protesto” é uma terrível falta de consciência, provavelmente não refletiram bem sobre o atual cenário político nacional.


Apresentador Cenk Uygur e sua convidada não tão inteligente Marina Orlova


Concordo que não se deva votar neste candidatos-celebridade, afinal nenhum deles tem o preparo e a visão necessários para empurrar o país na direção das profundas mudanças estruturais que precisam acontecer (reforma tributária, da previdência, educacional, eleitoral e etc) para que o Brasil deixe de ser uma nação eternamente “em desenvolvimento”. Mas entre Roseana Sarney, Tiririca, Lula, Serra, Dilma ou Ângela Amin alguém vai fazer o que é realmente preciso?

Em segundo lugar, este fenômeno doce-amargo das celebridades políticas não é exclusividade do Brasil. Basta lembrar do governator da california ou da ex-miss Alaska Sarah Palin que foi quase vice-presidente dos EUA (o mesmo também acontece na Liberia, Tailândia e em muitos outros países).

6 comentários:

d_sissa disse...

Há ainda uma outra questão. Tendo sido eleito, o Tiririca leva com ele mais 3 deputados de seu partido, graças a quantidade de votos.
Então o voto no Tiririca, não é apenas o "sacrifício" de UM voto por protesto, mas de QUATRO posições políticas.

Esta é uma tática, já antiga, usada por partidos políticos, o uso de uma celebridade para assegurar mais candidatos eleitos pelo partido, manipulando os votos do povo. Lamentável.

Uma vez que cada voto ganho pelo Tiririca, ou qualquer outra celebridade, é um voto perdido para os políticos, até compreendo a idéia de um protesto, como uma sinalização aos políticos de que chegou-se a um ponto absurdo, que são precisos: propostas decentes e pessoas coerentes e dispostas politicamente. Entretanto, a população perde ao desperdiçar chances de eleger pessoas que, acredita-se, possam ser relevantes no cenário político. E a que preço? Deve-se mencionar que o salário de um deputado é altíssimo e que, aliás, deputados recebem 17 meses de salário por ano, para piorar a conta.

Mas sobretudo, perdem as futuras gerações que recebem o legado de uma descrença(pasme!) superior a já existente, em relação a política no Brasil.

Artesania Helena disse...

Como sempre a culpa é do povo e ele, como diria um personagem do Chico Anísio: "que se exploda".
Pois bem, vamos aos fatos. Socialmente cada um tem o direito ao voto e politicamente correto é popagar este direito. Mas nesta sociedade em que vivemos que é mesquinha, não por causa dos políticos, mas porque cada um de nós é mesquinhoe olha para seu próprio umbigo o tempo todo.
Nós somos a sociedade e temos que enfiar nas nossas cabeças que os outros humanos tem seus direitos e que temos que garantir "nossos e vossos" direitos.
Diante disto, reconhecendo que o sistema democrático no Brasil ainda engatinha e que voltar ao regime militar é voltar à Idade Média, quero dizer, que de minha parte reconheço o direito de se votar em gato, papagaio, jegue, e outro bichos e até nos palhaços que já alegram tanto a vida das crianças.
Por falar nisto, nestas campanhas eleitorais alguém pode dizer onde estavam os não palhaços? Onde estavam os que falavam a verdade?

Anônimo disse...

Um dos melhores sites que eu ja vi...critico, verdadeiro, fiel... nao parem o trabalho...o mundo precisa de da razao, chega de tolice e demonios....

Gaspar disse...

Vlw, a legenda ficou ótima... e o bom é q vc consegue transmitir bem as suas ideias... só queria estar com mais tempo para ler os seus textos e tal...
conheci seu blog com uma parceria q agente teve continuei divulgando e vim ver hoje essa exelente postagem :D

Anônimo disse...

Não votei no tiririca, mas sei que ele é palhaço e não ladrão, em brasilia tá cheio de ladrão,tem muitas pessoas que se orgulham de votar em supostos honestos que no fundo são tremendos ladrões, quem somos nós de questionar quem vota no tiririca?
É um direito democratico deles,não estou dizendo que o tiririca é imune a corrupção,mas só pelo fato de ele não ter chegado lá na base de esquemas e troca de favores como é o caso da imensa maioria ali, ele se for ser corrupto será um amador lá.
E por outro lado politica é boa vontade,só quem já foi pobre tem pena de pobre,pros outros os pobres merecem viver na pobreza,não acho que num pais que podruz muito mais aliemtos que precisa alguem deva padecer de fome.
Qualquer ex-pobre é melhor que engravatados corruptos,que roubam sem deixar rastros, que todos sabem que roubaram e que nunca irão presos pq estão anos luz na frente da lei pra fugir de qualquer julgamento.

Cigano disse...

Quem fez ou faz mais mal ao mundo?Os bancos(Com o $istema monetário) ,a religião(Com extremismos e fanatismos) ou a política(Com Hipocrisias e demagogias)??

Postar um comentário